Artigos e Entrevistas do Grupo de Pesquisa Cidadania, Direitos e Educação

Zilda M. Grícoli Iokoi

Trecho inicial: O livro de Debra Sabia é um estudo sobre a Igreja popular na Nicarágua e está dividido em três partes: a primeira inclui os capítulos 2 a 5 onde a autora desvenda os problemas das profundas transformações que ocorreram na Igreja Católica, a partir de 1962, quando em Roma realizou-se o Concílio Vaticano II, ou seja, um momento de revisão no sentido da criação de uma igreja popular.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Mara Selaibe
Este texto partiu da comunicação feita por ocasião da comemoração de aniversário de 20 anos do Núcleo de Estudos de História Oral, da Universidade de São Paulo (NEHO/USP). Teve como referência o trabalho desenvolvido numa região de Moçambique, no período mais recente de seu pós guerra de independência, pelo Professor Dr. Boia Efraime Júnior e sua equipe, na ONG ARES – Associação Reconstruindo a Esperança. 
 
Essa organização associativa, entre outras atividades desenvolvidas, presta assistência por meio de projetos psico-sociais a ex-crianças soldados (foram computadas 30 mil excrianças soldados, entre 1975 e 1992). Nascida em 1996, ela deriva do trabalho realizado nos idos de 1994 na Associação Moçambicana de Saúde Pública.
Zilda M. Grícoli Iokoi

Trecho inicial: O livro de Debra Sabia é um estudo sobre a Igreja popular na Nicarágua e está dividido em três partes: a primeira inclui os capítulos 2 a 5 onde a autora desvenda os problemas das profundas transformações que ocorreram na Igreja Católica, a partir de 1962, quando em Roma realizou-se o Concílio Vaticano II, ou seja, um momento de revisão no sentido da criação de uma igreja popular.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Zilda M. Grícoli Iokoi

trecho inicial: O livrop editado pela IMAGO, O Brasil e a Questão Judaica - Imigração, Diplomacia e Preconceito, de Jefrei Lesser, é um importante estudo sobre as relações entre racismo e nacionalismo no Brasil. Destaca especialmente as tensões existentes na busca da superação da questão africana e o reaparecimento da questão judaica.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Zilda Márcia Grícoli Iokoi

trecho inicial: Criada em janeiro de 1994, O Reflexo, revista mensal da juventude israelita brasileira, foi também um bom espaço de discussão e formacão política até de dezembro de 1951, totalizando três anos de existência e 23 numeros.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Zilda Márcia Grícoli Iokoi

Este artigo trata do capitalismo brasileiro e suas transformações a partir dos anos 1950, e das lutas sociais que se produziram no sul do país, que deram origem ao Movimento Sem Terra.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Zilda Márcia Grícoli Iokoi

Trecho inicial: A constituição do Estado nacional e a República foram tecidas com a manutenção de privilégios, como a ausência de um corpo social capaz do reconhecimento das diferenças, definindo-se a permanência ou a perpetuação das chamadas elites agrárias que se constituíram também como grupos dirigentes urbanos.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Zilda Márcia Grícoli Iokoi

Trecho inicial: Neste bloco de discussão - Reencontros- dos VII Cursos de Verão de Cascais gostaria de destacar a fertilidade do diálogo entre os historiadores portugueses e brasileiros intensificado nos éultimos anos.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Zilda Márcia Grícoli Iokoi

trecho inicial:Em 9 de julho de 2001, no desfile comemorativo dos 69 anos da Revolução Constitucionalista de São Paulo, um indivíduo estranho apareceu em cena.Vestia um uniforme antigo e utilizava-se de um carro aberto. Destoava dos demais militares que marchavam em frente ao palanque oficial provocando grande constrangimento nas autoridades ali presentes.

Para acessar o texto clique aqui