A ironia em a utopia de Thomas More: ideologia e história

Autor: 
Cláudio Stieltjes
Ano: 
2006
Resumo / Abstract: 

O tema apresentado trata do pensamento de Thomas More, exposto em A Utopia. A tese defendida é que a opção pelo gênero literário da poética e a escolha da ironia, sob forte influência de Luciano de Samósata, como forma de expressão do discurso utópico, constituem uma estratégia do texto moriano, que oculta seu registro ideológico e os impasses de um pensamento que não soube fundamentar a crítica social na análise historiográfica.

 


 

Área do Conhecimento: 
Filosofia