Artigos e Entrevista do Grupo de Pesquisa Conflitos Armados na Era Contemporânea

Flávio de Leão Bastos Pereira

Trecho: De grande importância o Protocolo Adicional à Convenção sobre Cybercrimes, relativo à criminalização de atos de racismo e xenofobia praticados por meio de sistemas de computador, aberto para assinaturas em Estrasburgo (França), em 28 de janeiro de 2003. Relevante para a comunidade internacional e, considerando nosso particular interesse, para as Américas, para o novo mundo.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Rodrigo Medina Zagni

Se pensarmos o fenômeno do neonazismo no Brasil de forma articulada aos movimentos neonazis europeus, ambos descendem não só do regime totalitário liderado por Adolf Hitler de 1933 a 1945; mas deitam raízes profundas no eugenismo do século XIX. Isso para dizer que a eugenia, validação pseudo-científica para o escalonamento do humano em raças, também exerceu forte influência no pensamento social e nas políticas de Estado não só na Europa, mas também na América Latina. Texto originalmente escrito para o jornal "Folha de São Paulo".

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Rodrigo Medina Zagni

Aula inaugural do curso "Panorama Histórico do Holocausto", promovido pelo grupo de pesquisa sobre "Holocausto e Anti‐Semitismo" do Laboratório de Estudos sobre a Intolerância da Universidade de São Paulo, sob coordenação do Prof. Dr. Samuel Feldberg; correspondente ao módulo inicial: "Histórico do anti‐semitismo: a evolução do anti‐semitismo religioso para o anti‐semitismo ‘científico': O embasamento nazista para a justificação do Holocausto", de 2 de agosto de 2008.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Osvaldo Coggiola

Trecho:Between 1930 and 1933, Germany's political development was the axis of political debate in Europe, and in the Communist International (CI). On the eve of Hitler's Nazi uprising, Trotsky criticised CI's refusal to propose a single Workers Front of Socialist and Communist parties against Nazism. In 1920, Nazism was still referred to as "German Fascism" by the global left-wing media. Amidst the social conditions created by the global economic crisis born in 1929 which determined a new role for the state for the stability of the capitalist order, Nazism however took over, with unique and unquestionable characteristics, including a movement of extreme political reaction, even if it was originally inspirited by Mussolini's "corporate state".  JADVAPUR UNIVERSITY - KOLKATA - INDIA, Seminar on Fascism in a Comparative Perspective.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Rodrigo Medina Zagni

Originalmente publicado em

Anais do VIII Encontro Internacional da Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas - ANPHLAC; Universidade Federal do Espírito Santo - UFES - ISBN: 978-85-61621-01-8. Vitória, 2008.

Link para acesso do texto: http://www.anphlac.org/periodicos/anais/encontro8/rodrigo_medina%20zagni.pdf

 


 

Rodrigo Medina Zagni

Tendo como tema a disputa pela imagem do maior líder político argentino de todos os tempos, Juan Domingo Perón, quando de sua volta à Argentina em 1973 após 18 anos de exílio, esta resenha tenta identificar, no romance de Eloy Tomás Mantínez, quais grupos entraram na contenda por sua imagem, orientados por quais interesses, com que dimensão de influência, e com quais perspectivas de ação concreta para ultimar sua vitória, no limite entre ficção e História. Originalmente publicado em Revista Eletrônica do Grupo de Pesquisa História e Economia Mundial Contemporâneas - Grupo de Trabalho Estudos de História Contemporânea - Universidade de São Paulo (USP). ISSN: 1676-8671. jan. 2008.

Para acessar o texto clique aqui

 


 

Rodrigo Medina Zagni

Este artigo trata, no entrecruzamento entre História e Ciência Política Contemporânea, da constituição das políticas interna e externa dos EUA, por meio da análise de sua capacidade de mudança de políticas frente à questão do comércio internacional de armas, fundamentalmente mantido com repúblicas latino-americanas no período de vigência de sua neutralidade inicial na Segunda Guerra Mundial. Originalmente publicado em Revista Eletrônica da ANPHLAC. ISSN: 1679-1061. V.7, Jul. 2008.

Para acessar o texto clique aqui