O Centro de Estudos da Migrações e Relações Interculturais (CEMRI)

O Centro de Estudos da Migrações e Relações Interculturais (CEMRI), criado em 1989, é uma unidade de investigação científica e de desenvolvimento, formalmente reconhecida pela então Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, em 1994. Actualmente, a unidade é acreditada e financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, sendo a instituição de acolhimento a Universidade Aberta.

A sua missão funda-se em duas premissas principais: em primeiro lugar, o desenvolvimento da investigação teórica, empírica e aplicada das migrações e das relações interculturais em cinco áreas de investigação que incluem o estudo dos fenómenos de emigração e imigração, estudos do género, saúde e desenvolvimento, antropologia visual e comunicação intercultural, investigação realizada tanto no contexto da sociedade portuguesa bem como a nível internacional, com destaque para os países de língua oficial portuguesa; em segundo lugar, o envolvimento e a articulação entre a actividade científica, a sociedade civil e as instituições públicas da sociedade portuguesa. O CEMRI conta com uma equipa de investigadores com formação em diversas áreas disciplinares, no domínio das Ciências Sociais e Humanas, potenciando, assim, o contributo de vários saberes para a constituição de um programa de investigação multidisciplinar e interdisciplinar.

Visite do site do CEMRI